John Legend in Amsterdam

Ele é um SENHOR!

Ontem fomos ao concerto do John Legend e adorei, simplesmente adorei, ri-me imenso, comovi-me, dancei, cantei e o melhor de tudo ao lado do Ricardo :D

Que ele tinha boa voz já deduzia mas superou as expectativas, ele tem uma voz fenomenal, toca piano de uma forma que a mim me tocou, tem uma pequena banda e eles tocam fenomenalmente também. Ainda pensei que ia haver um coro de mais duas ou três vozes mas não, ele cantou a solo!

Valeu cada cêntimo, ficamos perto do palco, via-se super bem, a decoração minimalista é um exemplo de que menos é mais, conseguindo criar um ambiente intimista e glamouroso.

Sr. John Legend tiro-lhe o chapeu!





Os meus pais vieram cá outra vez 1

Em Agosto comprei a prenda de anos antecipada dos meus pais, uma viagem para cá voltarem e conhecerem a nossa casinha.
E chegaram carregados de bacalhau, alheiras, chouriços, borrego, pastéis de nata, licor de chocolate e de ginja... hummmm

Foi muito bom vê-los e achei-os muito descontraídos, acho que o facto de estarem só os dois foi bom, desta vez não veio a família toda que acreditem acrescenta stress à coisa!
O único stress que tivemos foi a ir buscar o carro e sobre isso apenas tenho 1 coisa a dizer Dollar rent a car nunca mais!!

No fim-de-semana ficámos por Amesterdão, estava bom tempo, fomos dar umas voltas, domingo foi o aniversário do primo e foram uns dias muito light.
Comprámos sacos para a bicicleta da minha irmã e aproveitei e comprei também para a minha.

Segunda fui com eles a Maastricht, já lá tinha ido com o Ricardo e os pais dele e achei a cidade muito interessante. Passeámos pela cidade sem pressa, eles provaram oliebollen, e voltámos para casa para virmos buscar o Ricardo e irmos jantar fora pois foi o dia de anos do pai.







Os meus pais vieram cá outra vez 2


Terça-feira o Ricardo conseguiu o dia livre e fomos até Antuérpia, pena mesmo foi estar uma tempestade típica destes países, chove torrencialmente 10 minutos e pára outros 20 seguindo assim o dia todo.
Por isso mesmo decidimos apanhar um autocarro turístico e ouvir um pouco sobre a história da cidade sem que ficássemos molhados que nem pintos.
Comprámos chocolates Leonidas, bebemos um bom café, ainda demos umas voltas e voltámos para casa.

No dia seguinte era o dia do regresso deles a Lisboa, ainda fomos novamente ao centro para eles comprarem umas lembranças e à noite tivemos de os levar ao aeroporto.
No caso dos pais as lágrimas aparecem logo, no meu caso foi só mesmo quando virei costas, que não se pode chorar à frente dos pais não vão eles achar que nós estamos tristes, além disso alguém tem de ser forte nem que seja só aparentemente certo?!

Enfim, ficou a vontade de voltarem e conhecerem melhor a Bélgica, com mais tempo e melhor meteorologia, já se fala tembém que quando se reformarem vêm para cá numa espécie de interrail sénior explorar o norte da Europa :D








Reconhecimento

É sempre bom ter quem reconheça o nosso trabalho, por muito que seja só o nosso trabalho e portanto a nossa obrigação.

Os meus pais vêm cá outra vez e a estudante de doutoramento com quem estou a colaborar, hoje deu-me uma caixa de chocolates e um postal no qual agradece a ajuda que tenho dado e deseja umas excelentes férias com os pais.

E sim, é só o meu trabalho, é obrigação que no meu caso faço com gosto e acho que o facto de fazer com gosto passa para quem trabalha comigo...

Obrigada Qing :D




Buraka Som Sistema


Ontem fomos ver os Buraka Som Sitema e foi FANTÁSTICO, ESPETACULAR, ENERGÉTICO e FENOMENAL!

Uma hora e meia de concerto com energia mantida em altos níveis... Nem sei bem o que dizer, já os tinha visto há muito muito tempo, não eram cabeça de cartaz e já tinha achado muito bom mas desta vez foi ainda melhor.

Assim é que é, sempre a subir, a melhorar e a crescer. Depois de estar à conversa com eles a ideia com que fiquei é que são pessoas simples, cheias de energia e com muito bom humor. Em palco eles têm uma enorme empatia entre si, com muitos sorrisos cúmplices e uma energia inesgotável e contagiante.
É de loucos, a Blaya É uma bailarina fantástica, carismática e com um sorriso muito honesto.

Nunca os tinha visto de perto, estávamos na segunda fila num recinto pequeno o que torna também muito intimista...

Hoje doí tudo de tanto saltar e dançar, toda a gente saiu a pingar e de sorriso na cara.

Sem duvida que se hoje repetissem eu ia de novo!






video





Bolachas de amêndoa

Depois de ter visto o post da Diana sobre o leite de amêndoas e as bolachas que se podiam fazer com a polpa que ficava depois de filtrar o leite decidi experimentar.

Já fiz várias variações mas esta é a minha favorita.

Após filtrar o leite não seco, a polpa de amêndoa e uso directamente para as bolachas:

- Polpa (que vem de 200g de amêndoas para fazer o leite)
- 1 maçã
- Flocos de aveia (cerca de 3 a 4 colheres de sopa, a diana usa coco mas o Ricardo não é fã)
- Canela
- Chocolate 70%cacau picado em pedaços pequenos e raspas (50-70g)
- 1 colher de sobremesa rasa de fermento
- 1ovo
- Umas gotas de essência de baunilha

Mistura-se tudo muito bem, faz-se umas bolas na mão, espalmam-se e colocam-se num tabuleiro com papel vegetal em forno pré-aquecido a 180ºC durante 15 a 20 minutos ou até estarem douradinhas.

Fora serem saudáveis e saborosas ainda fica o cheirinho a bolachas na casa... Que delícia :D





Casmurra

Ainda em relação à bicicleta roubada, apesar de saber que a probabilidade era muito baixa, decidi apelar à réstia de honestidade de quem ma levou. Decidi fazer uns cartazes com a foto da bicicleta a dizer que se procura e a pedir que a devolvam deixando as chaves no correio.

Espalhei vários pela garagem, na porta do prédio que dá para a garagem e no elevador, no primeiro dia alguém tirou a folha que estava na porta e o que eu acho é:

 1) foi alguém parvo
 2) foi alguém com consciência pesada.

Aposto mais na consciência pesada aliada à probabilidade de alguém os ver com a bicicleta e ao reconhecer denunciá-los.

Mas eu, como sou bastante teimosa voltei a colar, eles ontem voltaram a rasgar e eu voltei a colar e acho que vai ser assim até me cansar... o único problema é que eu sou mesmo muito casmurra :D






Outra vez...

Aconteceu outra vez levarem-me a bicicleta :(

Desta vez tenho a certeza que pus os cadeados, mas como ia com mil sacos na mão as chaves caíram na garagem ao pé da bicicleta e algum vizinho achou muito boa oportunidade...


Enfim, a solução foi comprar outra... E foi um óptimo negócio, em segunda mão, era de uma senhora mais velha e está em muito bom estado...

Agora volta a saga de encontrar sacos para as compras (sim que já ando há procura na Hema há algum tempo mas só encontro os pequeninos).