Sou maluca

Sou maluca porque ia e vinha das inseminações de bicicleta, nunca deixei de andar de bicicleta em toda a gravidez, ainda agora às 34 semanas ando. Não há montanhas para subir, o percurso é calmo, há ciclovias dedicadas e é capaz de ser bem mais suave do que andar de transportes.

Sou maluca porque fiz pole dance até às 24 semanas e só parei porque sentia que os meus abdominais já não respondiam em conformidade com o que a modalidade me exigia.

Sou maluca porque só vou parar de trabalhar às 36 semanas. Continuo a trabalhar full-time e faço praticamente tudo normalmente.

Sou maluca porque mudámos o chão de nossa casa há umas semanas e eu andei a ajudar a arredar móveis e coisas afins.

Sou maluca e inconsciente porque devia era estar sossegada e quieta mas eu não sou assim, não sou uma pessoa quieta e sossegada e quando faço e fiz as coisas não tive dores nem me senti mal por isso continuo a fazer de tudo.

Gravidez não é doença, claro que há alguns cuidados a ter, claro que é diferente e o corpo ressente-se e ando mais cansada, mas se me sinto bem e se ela está bem e não há motivo para não fazer uma vida normal então porque não haveria de o fazer?!


12 comentários:

  1. Não és nada maluca. Vomo tu dizes estar grávida não é doença e enquanto te sentes bém e a bébé também não há problema em fazeres todas essas coisas.

    ResponderEliminar
  2. Ai que linda de bicicleta. Se te sentes bem isso é o mais importante!

    ResponderEliminar
  3. Barriguda linda, desculpa perguntar aqui, podias dizer-me se a autora daquele livro que me falaste Boot your fertility é Marilyn Glenville? Recomendas?
    Beijinho e tudo de bom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim é dela... Tem informação interessante, fala de como o nosso organismo demora cerca de 3 meses até ter recomeçar um novo ciclo e por consequência coisas como a alimentação demoram até 3 meses a ter impacto na fertilidade e afins...
      Eu gostei, de leitura fácil, com conteúdo concreto e construtivo...

      Eliminar
  4. Tirando a Pole Dance (que adorava saber fazer) e andar de bicicleta (porque aqui, como sabes, é mais díficil) fiz todo o género de coisas que fizeste. Trabalhei até à véspera delas nascerem. Uma às 38 semanas e 5 dias e outra às 40 semanas e 5 dias. As noites eram terríveis, mas ficar em casa era enlouquecer! Beijocas. Ainda bem que és assim!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui vamos para casa obrigatoriamente... Mas ainda bem que não sou a única maluca que faz uma vida normal ;)

      Eliminar