Apadrinhar uma criança

Recentemente entrei em contacto com uma pessoa muito querida e no meio de muita conversa (obrigada pelo tempo que dispensaste) surgiu a ONGD "Um pequeno gesto, uma grande ajuda".

Fui investigar e este ano começámos a apadrinhar uma criança. curioso ou não tem o mesmo nome próprio dos nossos pais...
Tem um olhar triste, é pequeno, diria que bem pequeno para a idade se comparar com a nossa realidade, dá vontade de o ir lá buscar! Deu mesmo um aperto no coração...

Entretanto ele fez anos e enviámos uma mensagem por e-mail para a responsável da escola e enviámos também dois presentes, um que está disponível localmente para entrega, outro que não sei se lá chegará, mas espero que sim...

Caso queiram contribuir há várias maneiras de o fazer, não precisam apadrinhar uma criança mas podem fazer uma doação, por exemplo.

Espero em breve poder conhecê-lo em pessoa, espero que estejamos a fazer a vida dele melhor, espero que ele consiga realizar os seus sonhos e se puder ajudá-lo a concretizá-los!


Quem quer ajudar?


12 comentários:

  1. É uma atitude tão generosa. Ainda bem que existem pessoas como tu.

    R.: Quanto ao México, o nosso casamento é em Junho, não sei se vamos ter tanta sorte como tu, por causa desses festejos, mas vamos lá ver se vale a pena. Espero que sim.

    ResponderEliminar
  2. O Mundo seria bem melhor com pessoas como tu, como vocês! Aos pais não cabe mais que ter um orgulho tremendo nos filhos que temos. Obrigado por todos os Carlos deste mundo.

    ResponderEliminar
  3. Fico feliz por vocês contribuírem para uma melhoria da qualidade de vida de uma criança

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. És uma lamechas :p
      Ele recebeu a nossa carta e fotos por mail, mandaram fotos dele a ver... Fiquei mesmo contente e continuo com vontade de o ir lá buscar...

      Eliminar
  5. oh! <3 Que boa ideia! Eu sabia que seguia as bloggers certas <3

    Um beijinho dourado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh... obrigada. É porque até podemos. De vez em quando também damos para a UNICEF, Banco Alimentar, etc... Faz-se o que se pode e se temos de hipotecar uns copos e uns jantares fora que seja.

      Eliminar
  6. Que boa iniciativa, Vera! Lindo. Enquanto trabalhadora-estudante (mas sobretudo estudante) não sobra "espaço" para fazer contribuições regulares desse tipo, mas a partir de Junho quando começar a trabalhar a tempo inteiro (se tudo correr), a história será diferente. Nos anos em que trabalhei a tempo inteiro fiz questão de fazer contribuições regulares, e quando voltar ao activo "a sério" não será diferente. Custa apenas decidir em que organização depositar a minha confiança e os meus €€. Esta parece ser uma iniciativa excelente. Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que nem toda a gente pode, mas se fores ver são 175€ ao ano, mais o que possas enviar...
      Facilmente as pessoas gastam isso a ir jantar fora, tabaco, noites de copos... Acho que se quiseres e estando a trabalhar vais conseguir e te garanto que dá uma sensação melhor do que dar a volta ao mundo!
      Obrigada pela partilha :D

      Eliminar
  7. P.S. Partilhei na página facebook do meu estaminé :)

    ResponderEliminar