Decisão do otorrino

Fomos ao Otorrino e depois de mais de um mês com líquido a sair continuamente do ouvido e 2 meses com pouco descanso nesse campo decidimos colocar tubos de ventilação (Grommets).
O médico muito céptico do que os pais lhe dizem questionou como sabíamos que o tímpano fechava e reabria tantas vezes. Ora fora termos confirmado com a médica de família que o tímpano fechava nos primeiros episódios, por norma de noite ela gritava alto uns segundos e calava-se e no dia seguinte lá estava o líquido, logo só se pode deduzir que esse momento de dor aguda era o tímpano a rebentar... Lá lhe fez sentido e a resposta à pergunta "é melhor ter sempre o tímpano aberto com os tubos ou que ele rebente e feche todos os meses?" ele disse que, tendo em conta o caso dela, era melhor ter o tímpano aberto com os tubos.
Claro que perguntei quais os possíveis efeitos secundários/sequelas e fora líquido a sair do ouvido (que já acontece), há uma pequena probabilidade de ficar com um buraco no tímpano permanente, a acontecer há cirurgia para isso cuja taxa de sucesso é elevada (cerca de 90%, li eu em estudos científicos).
O médico também falou em retirar os adenóides porque ela respira pela boca, de facto já tinha lido que pode ser benéfico mas os estudos que li apenas o faziam acima dos 4 anos, na Holanda fazem a partir dos 2 mas decidimos esperar e ver como se desenvolve o sistema respiratório e auditivo dela e depois reavaliar.

imagem retirada da internet

Narcos

A série Narcos conta a vida de Pablo Escobar, porque começou a traficar, a sua ascenção e declínio.
Foi uma série que gostei muito de ver, está bem realizada e é fácil empatizar com Pablo, ele até tinha boas intenções(vá, mais ou menos) mas foi ganancioso e arrogante acabando por levar à sua morte.

É impressionante como ele tinha toda a gente comprada, polícias e políticos, o próprio se envolveu na política e o povo adorava-o!
Depois da morte de Pablo Escobar, na segunda temporada, foi altura de se focarem noutro Cartel, o de Cali e depois da terceira temporada passaram a trama para outro país, o México, para mostrar que o "problema" não se centra em Cartéis e em traficantes em específico, mas que desde que haja demanda alguém se encarregará da oferta, se não for Pablo Escobar será outra pessoa, no mesmo país ou noutro...



Já viram? O que acharam?



Lixo zero


Não sei se já ouviram falar do movimento lixo zero mas é um estilo de vida cujo objectivo é produzir o mínimo lixo possível.
Ouvi no programa "Prova Oral" a Ana Milhazes que tem um blog e várias páginas/grupos no facebook acerca deste tema e gostei muito da abordagem dela. Dito pela prórpia, a Ana era uma grande consumista e com mudanças graduais conseguiu reduzir o seu lixo orgânico e inorgânico drasticamente.

Claro que o primeio passo passa por comprar menos, por tentar controlar os impulsos de compra e fazer pequenas mudanças de cada vez, coloquei o vídeo em baixo para que possam ouvir se quiserem. Outra coisa é não sucumbir ao consumo de todos os produtos de marketing que foram criados para este estilo de vida tentando primeiro ver se há algo em casa que consiga cumprir o mesmo propósito.

Decidi fazer aqui uma lista dos passos que já fiz até hoje:
-Fraldas reutilizáveis
-Copo menstrual e pensos de pano
-Lenços de pano (ainda uso alguns de papel mas tento em casa usar os de pano ao máximo)
-Toalhitas de pano (ainda uso para as saídas toalhitas Water wipes)
-Guardanapos de pano para a Bia (faltam os nossos)
-Palhinhas de metal
-Shampoo em barra (apenas eu uso)
-Produtos de limpeza DYI (parcialmente pois ainda uso alguns produtos comerciais ecológicos)
-Não uso babetes descartáveis, nunca usei
-Sacos para fruta reutilzáveis mas muitas vezes compro a fruta sem saco
-leguminosas secas em vez de em lata
-Escovas de dentes de bambu para toda a família
-Cotonetes de silicone (mas ainda uso dos outros também)
-Garrafas reutilizáveis para a família toda
-Copos de café com tampa de bambu
-Reutilizo frascos de vidro
-Não comprar chá em saquetas
-Comprar iogurtes em embalagens maiores (aqui nem há alternativa então quando preciso levar levo em recipientes pequenos)


E aqui ficam alguns pontos que gostaria de fazer num futuro próximo:
-Comprar sacos para pão para congelar e pedir no supermercado que cortem na hora e coloquem no saco
-Ir a mercados (o problema para mim são os horários, os mercados próximos de casa ocorrem durante a semana até às 15h/16h)
-Começar a ir mais ao talho e peixaria levando recipientes de casa
-Comprar Guppy friend que é um saco para lavar roupa que retém as microfibras não indo parar ao mar
-Fazer mais produtos DYI incluindo esfoliantes, cremes de corpo e géis de duche

-Andar sempre com um pequeno estojo com guardanapo, talheres e palhinha (para a Bia tamos sempre)
-Livrar-me de todas as coisas que tenho em casa que não uso doando o vendendo





Queques de banana e nozes

Novamente inspirada pela Joana Maceira fiz uns queques maravilhosos, fofinhos e quase saudáveis... Levei para um lanche com amigos e todos gostaram, incluindo os putos claro.
Fica aqui a receita em que coloquei apenas metade do açúcar e acho que da próxima nem coloco nenhum:

Ingredientes (para doze muffins):

* 280g de farinha de trigo;
* Uma colher de chá de fermento;
* Uma colher de chá de bicarbonato de sódio;
* Uma pitada de sal;
* Três bananas esmagadas em puré;
* Um ovo batido;
* 100g de açúcar
* 120ml de leite;
* 90ml de óleo;
* 60g de nozes picadas.

Confecção:

* Juntar a farinha, o fermento, o bicarbonato de sódio, o sal e as nozes picadas; (Por engano também adicionei o açúcar aqui e ficaram excelente na mesma))

* Noutra tigela bater o ovo com um garfo e juntar o açúcar, as bananas esmagadas, o leite e o óleo, batendo bem entre cada ingrediente;

* Juntar a mistura líquida aos ingredientes secos e misturar com uma colher de sopa apenas até os ingredientes ficarem ligados;

* Colocar em forminhas para muffins (usei formas de silicone) e levar ao forno pré-aquecido a 200º durante vinte minutos.

Acabei por colocar mais uns minutos com o grill ligado para ficarem dourados que estavam muito pálidos.

A repetir, sem dúvida!



Ozark

Conta a história de dois conselheiros financeiros que trabalham para a máfia, um deles acaba por ser morto e o outro vai para Ozark para montar uma plataforma de lavagem de dinheiro que fracassa ficando em dívida para com um mafioso mexicano.
Ozark é suposto ser uma zona pacífica, onde pessoas com algum dinheiro passam férias mas a realidade é bem diferente.
A série está interessante e bem pensada, boa realização, alguns personagens super engraçados, em que se vê vários lados da mesma pessoa acabando por não se saber bem se é uma pessoa fiável ou não.
Já conta com três temporadas, ora fiquem com o trailer:


Devia ler menos sobre isto...

As otites da Bia não nos dão descanso, são otites serosas ou otites médias com efusão (OME), começaram em Novembro de 2018 e até hoje já teve 15 episódios (15 vezes em que saiu líquido do ouvido) sendo que á várias semanas o tímpano não fecha, estando sempre a sair líquido, e eu acho que sendo uma média ligeiramente superior a 1x por mês não é normal.
Não consigo encontrar estudos que falem em casos destes, em que todos os meses há rompimento do tímpano, apenas encontro que ao fim de 3 a 6 meses o líquido no ouvido médio desaparece por si só, que pode haver perfuração do tímpano, por norma líquido no ouvido não provoca danos graves mas que há a possibilidade de degenerar os ossos do ouvido médio quando muito recorrente. A médica de família diz que o caso é crónico, a partir de 6 meses considera que o é. Mas também não há direcções super precisas sobre o que fazer. Li que colocar tubos leva a OME crónica mas ela já tem logo na pior das hipoteses fica na mesma?


Devia ler menos, mas não consigo e como um dos factores de risco é não amamentar tenho culpabilizado um bom bocado por ter parado de dar de mamar. Eu parei a amamentação e uma semana depois isto começou, também lhe dava biberão de manhã com ela reclinada o que é outro factor de risco, parei pouco depois do primeiro episódio porque li que potenciava OME. Mas o sentimento de culpa mantém-se e, apesar de ser algo bastante comum em crianças, questiono-me o que teria acontecido se tivesse continuado a dar mama.
Nunca saberei e sei que culpabilizar-me não vale a pena, mas também não há botão de off para isto! Para isto, para dar biberão reclinada, por ter de a meter na creche (outro factor de risco), porque quero ter uma carreira, porque gosto do meu trabalho e é uma merda esta culpa, porque com as nossas decisões podermos ter potenciado todo este quadro, que em princípio não trará nenhuma consequência de maior, mas que também não há certezas nem direcções certas...

Para a semana temos consulta no otorrino, a médica de família compreende e estou muito agradecida a esta médica que é realista e admite que não tem conhecimento de causa para avaliar a situação em concreto mas que percebe a nossa preocupação e acha as nossas dúvidas legítimas.





Bolo de limão


Ontem decidi usar os 3 limões sem casca que tinha no frigorífico (a casca foi usada noutras receitas) e saiu-me um bolo super saboroso e fofinho!


5 ovos pequenos/médios

200g de farinha (usei sem fermento)
150g de açúcar
100ml de sumo de limão
100ml de óleo
1 colher de sopa de fermento (se usarem farinha com fermento coloquem apenas uma colher de chá rasa)
2 gotas de óleo essencial de limão (se não tiverem terão de usar raspa de limão)


Bater as claras em castelo e colocar no frigorífico. Bater as gemas com o açúcar e um bocadinho do óleo até o açúcar estar bem incorporado. Juntar o restante óleo e o sumo de limão e por fim a farinha com o fermento. Envolver as claras e colocar no forno a cerca de 180graus (depende do forno e se virem que começa a queimar sem cozer primeiro baixem ou retirem a ventilação ou vice versa mas nos primeiros 15 minutos não abram o forno) até estar cozido (aqui foram cerca de 25-30 minutos.


Ficou com um sabor super intenso a limão, fofinho, de comer e chorar por mais!

Podem substituir o limão por laranja, tangerina ou toranja, ao vosso gosto. Para os mais gulosos podem fazer uma calda de açúcar ou polvilhar com açúcar em pó


(a foto foi retirada da internet mas ficou semelhante a este)

Pequenos grandes momentos

O meu melhor amigo esteve em Amesterdão a fazer escala e deu para passarmos umas boas horas juntos, tomar o pequeno-almoço, fazer puzzles, almoçar e voltamos a ver-nos em breve... O Miguel, quando dá, faz escala de várias horas em Amesterdão e assim conseguimos tomar um café ou almoçar ou até ir dar uma volta. Pena que esteve a chover mas eu gostei muito da visita!

A Beatriz a ensinar os tios a fazer puzzles

House of cards

House of cards é uma série de drama político que conta a história de um político, Francis Underwood (Kevin Spacey), um político que deseja chegar a um cargo alto sem olhar a meios com o apoio da sua mulher Claire (Robin Wright).
O Kevin Spacey faz um papel brilhante, algumas vezes parece que ele olha para a câmara de propósito até que um dia fala para a lente/para o "público". Ele desempenha um papel exímio mas por causa de uns escândalos de abuso sexual foi afastado na última temporada passando Claire a ser a personagem principal.
Já viram ou tinham ouvido falar?

Fica aqui o trailer da 6a temporada


Coronavírus

O Coronavírus é de uma família de vírus que pode infectar o ser humano. Não se sabe qual terá sido a origem em concreto mas há indicações de origem no mercado de Whuan. A maioria dos infectados e mortos é/esteve nessa localidade.

O modo de transmissão é feita por via aérea e pode-se propagar antes de haver quaisquer sintomas, tal como noutras doenças, tem um período de incubação entre 2 e 14 dias e os sintomas mais comuns são febre, tosse e falta de ar. Os casos mais graves foram detectados em pessoas mais velhas e/ou com doenças crónicas que afectem o sistema imunitário.
Não há tratamento nem vacina para este vírus e há já vários alertas para não se viajar para a China excepto se realmente necessário. 

A china adoptou medidas de contenção rigorosas, muitas lojas fecharam, as viagens estão limitadas àquela região que se encontra de quarentena, fronteiras terrestres foram fechadas e até parte da muralha da China.

Hoje reúne-se um comité especial da Organização Mundial de Saúde pois poderá ser considerado uma emergência de saúde pública internacional, já há mais de 7mil casos confirmados em 16 países e 170 mortes, todas na China.

Importante a fazer, como devia ser já hábito diário, é lavar bem as mão com sabão, tossir cobrindo a mão com um lenço ou o braço (nunca as mãos), cozinhar bem os alimentos de origem animal, evitar contacto com pessoas doentes. As máscaras por si só não impedem a transmissão de vírus e bactérias transmitidos por via aérea, porque eventualmente passam pelos poros das mesmas, mas pode ser uma boa forma de diminuir o contágio boca/nariz-mãos podendo diminuir a transmissão via mãos-boca. Os vírus não costumam ser viáveis durante muito tempo fora do corpo do hospedeiro tornando o contacto próximo o maior veículo de transmissão.

O importante é manter a calma, ter cuidado, não viajar para a China e países circundantes, excepto se estritamente necessário e em caso de sintomas ir ao médico.

imagem propriedade da Reuters