Desperdício desmesurado!

Já todos sabemos que produzimos mais do que consumimos, que muita comida vai para o lixo TODOS os dias! Muitas vezes não temos noção da dimensão das coisas.
Recentemente li que todos os DIAS, atenção que não é semanas ou meses, é mesmo TODOS OS DIAS, só na Holanda, são deitados fora 400 mil pães de forma (1/4 do lixo doméstico na Holanda é pão). Os Holandeses comem sandes ao almoço, maioritariamente come-se pão de forma porque se mantém fresco mais tempo, mas não é o pão tipo Panrico, é pão muitas vezes escuro e de relativa maior qualidade.
Só a mim é que isto parece muito? 400mil pães de forma diariamente...
Nalgumas cidades colocaram uns contentores de pão onde juntamente com bactérias especificas leva à produção de gás metano utilizado posteriormente como fonte de energia. É suposto ser algo bom mas não me deixa de fazer confusão que haja pessoas a passar fome e este pão em vez de ajudar a colmatar a fome seja utilizado para produção de energia.

Porque é que produzimos em excesso???? É para termos sempre tudo disponível? Era assim tão terrível chegar ao supermercado e não haver o pão x ou o vegetal y??? Somos assim tão "mimados" que os gestores acham que se não se produzir em excesso é mau porque não vá apetecer courgette e elas já terem sido todas vendidas?????

Faz-me confusão e não sei o que fazer para combater isto, fora não desperdiçar comida em casa e na rua e recentemente apareceu uma app chamada TooGoodToGo, ainda não usei porque os horários não são propriamente práticos para nós mas está no meu pensamento... alguém tem ideias?



10 meses

Caminhamos a passos largos para o primeiro aniversário... Está mesmo quase...
Por aqui as noites andam no geral complicadas, uns dias mais que outros, continua a adorar ir à natação, prato favorito é tudo o que tenha caril, já dá muitos passos agarrada às nossas mãos, diz mamã e bebé, tem 6 dentes, adora ser atirada ao ar, fingir que a vão a deixar cair e andar de baloiço bem alto...
Acho que no geral é uma bebé feliz e saudável e nós também...





Ronaldo inocente ou culpado? Os comentários mais anormais que já li!

Por causa deste caso li dos comentários mais nojentos da minha vida! Acabei por sair de um grupo do facebook por causa desses mesmos comentário e outros anteriores dentro do mesmo género.

Não é preciso culpar ninguém porque o caso ainda não foi a tribunal e não dizer mal da rapariga não significa culpá-lo a ele.
Para quem diz "ah ela podia ter gritado" ou "porque não lutou mais", vocês têm noção que há casos de violação que o violador saiu inocentado por causa desse tipo de mentalidade???? Porque ela não reagiu, porque não gritou, porque ia de saia à noite sozinha para casa e "estava à espera do quê?!". Nem todas as pessoas reagem da mesma forma e isso não as faz serem mais ou menos violadas!

Mas alguns dos que mais nojo me meteram foram " ah então ela não sabe que anal sem lubrificante dói é isso?!..." ou " ah então ela não queria era fazer anal, mas o resto podia?". A sério???? A sério que as pessoas fazem este tipo de comentários???? Mesmo que ela "só" não quisesse fazer anal estava no direito dela, em relação ao outro comentário é inqualificável! Vindo de mulheres, mães, muitas delas mães de raparigas...

Mesmo que ela fosse acompanhante tem direito a não querer. Ela não foi para o quarto dele sozinha (como muita gente diz "ah foi para o quarto ver a vista do jaccuzi estava à espera do quê?!"), mas mesmo que fosse sozinha tem o direito a dizer que não. Mesmo que quisesse se mudou de ideias tem o direito a dizer que não, tal como eu e qualquer um de vocês a ler este post.

O que falo aqui não é de culpados e inocentes, é de falta de humanidade e da rapidez com que se ataca a suposta vítima sem se ponderar se é verdade ou mentira!

E eu espero que seja mentira,ela não teria sido violada e ele sairia inocente. Ele é um exemplo para muita gente, é para mim um exemplo de dedicação, de trabalho árduo, até de solidariedade, porque doa milhões todos os anos para ajudar outras pessoas... Mas se for verdade quero que se saiba, porque o mais importante é que a verdade se saiba, seja o Ronaldo, o Papa ou o zé da esquina.

Se tiverem paciência este senhor sumariza basicamente o que penso dos comentários que se andam a fazer, leiam aqui.

Ronaldo inocente ou culpado?


O jornal Der Spiegel escreveu um artigo sobre a alegada violação de Ronaldo. Uma peça extensa mas bastante detalhada.
Li a peça na totalidade, escrita em inglês, e o detalhe é esmagador. Supostamente existem vários questionários feitos a ambas as partes no decorrer do primeiro processo e num primeiro inquérito ele afirmaria que ela disse "Não" várias vezes...
Aconselho a ler a peça aqui, leiam mesmo, na totalidade. Claro que se é inocente até prova em contrário mas, neste caso, as supostas provas não aparentam estar do lado do Ronaldo.
Esperamos que a verdade consiga vingar e justiça seja feita, seja qual for a verdade.


Lá porque é saudável não quer dizer que se possa comer livremente sem engordar sim?!


Vamos lá entender uma coisa, só porque algo é saudável não quer dizer que se possa comer indiscriminadamente sem consequências, nomeadamente aumento de peso.

Comer frutos secos é bom, mas têm muita gordura, saudável esta gordura sim, mas também altamente calórica.
Ah e tal faço bolos sem açúcar mas com banana e concentrado de tâmaras e frutas. Ora bem fructose é absorvida e transformada em glucose, utilizada pelas nossas células para produzir energia. Quando em excesso contribui para aumento da massa gorda. Ou seja um bolo é um bolo, seja ele mais ou menos saudável. Deve ser comido com moderação se não se quer aumentar de peso. Claro que é melhor do ponto de vista nutricional do que adicionar açúcar simples.
Agora o que adoro mesmo é quando se substitui meia chávena de açúcar por uma de mel, a sério???? Já pensaram na quantidade de calorias existentes numa chávena de mel?! Enfim...

Claro que há melhores opções de refeições que outras, a questão é que, por vezes, parece que pelo facto de se dizer que é algo saudável ou uma receita saudável significa que se pode comer todos os dias, o dia todo sem engordar e isso é falso! Há muitos factores a ter em conta. Comer de forma saudável, em quantidades razoáveis, fazendo umas asneiras pelo meio é o melhor... Equilíbrio é a melhor estratégia para tudo na vida!

Good girls

Acho que nunca recomendei séries aqui no blogue mas talvez isso comece a mudar...
Numa altura em que não tínhamos nada para ver começámos a ver a série da Netflix Good Girls. É sobre umas mulheres, com filhos, que por motivos económicos se metem numa alhada. A partir daí é sempre a enrolarem-se cada vez mais.
Não é a melhor série de todos os tempos mas é uma série leve, engraçada e que leva a que tenhamos alguma empatia com as personagens...
Se não tiverem nada para ver, espreitem...


Muffins de banana e maçã

Basicamente é a minha receita de pão de banana e em vez de colocar mirtilos coloco pedaços de maçã e depois divido em formas de muffins...
Fica uma delícia e os miúdos adoram!


2 bananas maduras esmagadas
2 ovos
2 colheres de sopa de óleo de coco
1 chávena de farinha de espelta e 3/4 de flocos de aveia (podem adaptar ao que tiverem em casa)
1 colher de chá bem cheia de bicarbonato de sódio (podem usar fermento em pó)
Canela a gosto
Essência de baunilha a gosto
Uma pitada de sal ou sem sal se preferirem
Duas maçãs cortadas em pedaços

Cesariana, não sabia...

Nunca tinha lido sobre o tema, até que me aconteceu e fui investigar.
Nós recomeçámos a nossa vida sexual pouco depois da Bia nascer mas não esperava ter dores, afinal ela nasceu de cesariana, não tinha dores a andar, nem a fazer a minha vida normal. Mas faz sentido, porque o corpo mudou e as hormonas também. Os níveis hormonais baixam após o parto e durante a amamentação, especialmente o estrogénio que é um dos maiores responsáveis pelo desejo sexual e lubrificação, porque também é inibidor da produção de leite. Em princípio ao parar de amamentar os sintomas desaparecem e voltamos ao nível hormonal normal e o desconforto e restantes sintomas desaparecem (mais informação aqui).
Caso a dor continue, mesmo após parar a amamentação, consultem um médico!


Onde andas(te) tu verinha?

Voltei de férias em Portugal.
Os primeiros 4 dias muito atribulados começaram no Norte e com muitos quilómetros de carro. Depois zona de Torres Vedras e a miúda ficou doente (mesmo assim muito bem se porta ela). Tivemos alguns amigos em casa dos meus pais, depois Lisboa passar os últimos dias culminando com um casamento Sábado e almoço de família Domingo antes de ir embora...
Agora precisava de umas férias... isso é que era.

Entretanto a Bia fez 9 meses, dá imensos passos agarrada às nossas mãos, tem 6 dentes em cima e 2 em baixo, o pediatra diz que ela está excelente e muito desenvolvida, adorou pão português, pede coisas com a mão e chama-nos (temos de adivinhar se nos quer a nós ou alguma coisa), disse mamã (não com a intenção de me chamar mas já conta), foi à praia, adora comer areia e veio também exausta, tanto que dormiu hoje até às 8h, inédito nesta miúda!

Agora a ver se volto ao blog que férias são férias e as redes sociais e afins ficam para segundo ou terceiro ou vá, décimo plano...





Primeiro jantar a 2...

Pois que fizemos anos de casados e, no próprio dia, o Ricardo se lembra que se calhar podíamos ir jantar fora só os dois.
À última da hora, sem avós por perto, valem-nos a família e amigos que cá temos. Assim a Laura ficou com ela, veio ter lá a casa e deixámos a miúda a dormir (fora ter acordado uma vez e demorado um bocadinho para adormecer não deu mais trabalho a noite toda) e fomos jantar.

Fomos ao restaurante Bolenius, perto de casa, com boas reviews e um conceito sustentável.
Chegámos e o staff pareceu desde logo muito simpático e o ambiente minimalista mas intimista.

O ponto alto é, de facto, a qualidade dos vegetais, um creme de avelã com imenso sabor, vegetais al dente super saborosos, o camarão para o Ricardo e o lagostim para mim estavam fantásticos e o peixe estava também divinal. O pato tinha imensa qualidade, para mim podia estar um bocadinho mais cozinhado porque estava bastante cru, mas não lhe tira o mérito e estava bom. A sobremesa ficou muito aquém das expectativas, faltava algo, apesar de um gelado com um sabor a cacau intenso e fantástico, o restante no prato era bastante neutro e não enaltecia em nada o cacau.
Outro ponto negativo, a faca toda xpto com caracteres japoneses serve para comer todos os pratos, o facto de ser limpa entre pratos com um pano ficando por vezes comida (sim quantidades invisíveis ao olho comum mas eu sou maluca) de um prato para o outro na ponta foi um ponto que não me agradou tanto, mas é um pormenor.

O todos muito simpáticos e profissionais. No final o chef veio à mesa com uns doces extra e um saquinho de rebuçados de menta para levar, é um toque agradável, porque os pequenos pormenores contam.

Não foi o melhor restaurante a que fomos até hoje, talvez valha a pena pedir o menu vegetariano porque acho mesmo que é o ponto forte deles mas a proteína animal também tinha imensa qualidade.
Divertimo-nos e estivemos um pouco a sós, claro que falámos dela também, mas foi bom poder passar umas horinhas sem nos preocuparmos se ela vai acordar e assim...